Pregação sobre Mefibosete – Estudo Detalhado sobre Mefibosete

Pregação sobre Mefibosete e a lição de que por mais difícil que esteja, Deus ainda pode mudar sua história

( 2 Samuel, cap. 9, v. 1-12)

 

Sabe quando você acorda de manhã atrasado, bate com o dedo mindinho na quina da mesa, sai de casa correndo, o sapato arrebenta, você perde o ônibus e quando olha no relógio, são apenas 10 horas da manhã?

 

Nessa hora, muitas pessoas param e imaginam que, se o dia começou assim, não terminará bem.

 

Mas, a história de Mefibosete prova que com Deus, não importa como você começou e sim como você vai terminar. Confira!

Um começo difícil – Pregação sobre Mefibosete

 

Imagine o laço que existe entre uma mãe e um filho, desde a sua concepção. Por 9 meses, o bebê ouve a voz da mãe, seus batimentos cardíacos, sente suas emoções até que, de repente, esse convívio diário tão íntimo é interrompido por um momento que tinha tudo para ser mágico… A hora do parto.

 

Ali, naquele momento, a mãe finalmente pode acolher em seus braços aquela criança por tanto tempo esperada. Em seus braços, aquele bebê pode se aconchegar, se alimentar, e ter o encontro mais esperado de sua pequena vida.

 

Isso é o que se espera. Era o que Mefibosete esperava. Era o que sua mãe e toda a sua família esperava.

 

No entanto, o que aconteceu com Mefibosete foi o oposto. 

 

Afinal, durante o parto sua mãe sofreu com diversas complicações, não resistiu e morreu… deixando aquele bebê recém nascido.

 

Mas, esse começo que ja tinha sido difícil para Mefibosete, a vida lhe reservava coisas ainda piores…

A rejeição que dói – Estudo sobre Mefibosete

Você já foi rejeitado por alguém muito importante para você? Um pai… Uma mãe… Um marido ou uma esposa? Quem sabe até um filho… 

 

Essa dor Mefibosete sentiu de perto. Veja o que aconteceu com ele.

 

Quando Mefibosete perdeu a sua mãe no parto, seu pai, Jônatas, se sentiu tão amargurado que passou a rejeitar seu tão pequeno filho.

 

Por alguma razão, olhar para ele lhe fazia lembrar sua esposa que havia partido tão precocemente e aquele homem não podia suportar.

 

Por isso, ele deu Mefibosete para uma ama cuidar e voltou a tocar seus negócios. 

 

Se você pensa que os problemas de Mefibosete já tinha acabado? Você não imagina o que está por vir…

Órfão, rejeitado e agora manco

Depois que sua mãe morreu no parto e Mefibosete foi rejeitado por seu pai, passou a viver com sua Ama mas, o pior ainda estava para acontecer.

 

Durante os confrontos existentes na época, seu pai e seu avô foram mortos pelo exército de Davi. 

 

Ao saber disso, a ama tomou Mefibosete pela mão e saiu correndo com ele pelas ruas da cidade. Tudo porque, quando um exército era derrotado, toda a geração era morta e Mefibosete também seria morto pelos inimigos de seu pai.

 

Nessa hora, a palavra de Deus não é clara sobre como tudo aconteceu, mas Mefibosete sofreu um acidente e quebrou seus pés. A partir daquele momento, aquela criança que não tinha mãe, tinha sido rejeitada pelo pai, não poderia contar com nenhum recurso como ortopedista na época… e ele se tornou um aleijado.

 

A partir daquele momento, além de ser rejeitado por seu pai, toda a sociedade da época olhava para ele com desprezo e ele foi se tornando cada vez mais excluído sem saber que sua vida estava prestes a mudar.

A bondade de Deus

 

Depois de muitos anos, por conta da forte amizade entre Davi, pai de Salomão, com Jônatas, filho do Rei Saul, Davi procurou quem poderia abençoar da descendência de Jônatas, em homenagem a forte amizade que tinha com ele.

 

Na época, Mefibosete andava tal qual feito mendigo, sujo, mal vestido, e andava se arrastando por sua dificuldade de locomoção.

 

Em princípio, pensaram que Davi quisesse fazer mal a Mefibosete mas Davi disse que queria agir com a bondade de Deus sobre a vida dele e foi quando o informaram de que tinha um descendente, e Davi foi até ele.

 

Naquele momento, a vida de Mefibosete estava tão destroçada que quando Davi se aproximou, Mefibosete perguntou o que ele queria com aquele “cão morto”. 

 

Mas, Davi agiu com a misericórdia de Deus sobre sua vida, devolveu parte das terras de seu pai, o Rei Saul e convidando e disse que, a partir daquele momento, ele seria tratado como um de seus filhos, que comeria junto a sua mesa todos os dias, até o fim de sua vida.

 

Por isso, por pior que esteja a situação… Por mais que tudo tenha começado de um modo ruim, com Deus é possível ter um recomeço, refazer uma história e ter um fim abençoado.

 

Que você possa, a cada dia, encher seu coração de esperança pelas coisas maravilhosas que Deus ainda vai fazer na sua vida!

 

Espero que tenha gostado desta Pregação sobre Mefibosete. Que Deus te abençoe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *